Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

No céu da boca

Quando aqui dentro

é preciso perder o sopro

pra agradecer

o respirar,

 desarrumo o verbo,

desafio a palavra

e invento ares

– pra variar…

15

fev
2012

No Comments

In Blog
Cultura
Literatura

By admin

As três palavras mais estranhas

Drawing of the writer Wislawa Szymborska

“Quando pronuncio a palavra Futuro,

a primeira sílaba já pertence ao passado.

 Quando pronuncio a palavra Silêncio,

destruo-o.

 Quando pronuncio a palavra Nada,

crio algo que não cabe em nenhum não-ser.”

 

Wislawa Szymborska