Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

Dias de Janeiro

Assim os dias,

 numas brisas de brandura,

desnudam

o pouco acanhado de mim.

A certa altura

Fotografia: Itaciara Poli Fotografia: Itaciara Poli

Sobre esses dias

de paisagens acidentadas

basta um sorriso.

O vendedor de sinos

Fotografia: Itaciara Poli Fotografia: Itaciara Poli

Conheço o dialeto do tempo

tal como os sinos

que badalam vãos

ao som do pensamento.

 .

É o único que aprendi

e desde logo a tua ausência.

 .

No espaço de um segundo

é que envelhece o tempo;

concentra em si o mundo,

devora o sentimento.

Adorno

Fotografia: Itaciara Poli Fotografia: Itaciara Poli

Ando à procura

do pedaço mais perfeito

deste lado da vida.

Acima de tudo

Fotografia: Itaciara Poli Fotografia: Itaciara Poli

A sinceridade do instante existe,

dura,

no embaraço dos segundos

que se contraem com gentileza

para fazer passar o desconhecido

e os sinais de suas voragens.

Horas simples correndo

deixam o corpo quase efêmero

estremecer na ênfase da vida,

acima de tudo, sofrida…

Acima de tudo, vivida.

Noite

Fotografia: Itaciara Poli Fotografia: Itaciara Poli

Sua beleza

se faz nessas luzes

– esclarecida!

Riso possível

Fotografia: Itaciara Poli

Em pouca água ferve a pressa

que me consome a fogo lento,

queimando o riso possível

de um presente deixado ao relento…

*

Pois deito água na fervura,

arrefeço o passo do tempo

para adensar-me dos dias

de inevitável encantamento.

*

Que viver é fogo de palha,

é breve ardor que trago dentro;

é qualquer coisa que o valha,

a todo vapor, a todo momento.

Miopia

Fotografia: Itaciara Poli

Lá fora vislumbro

um só abrigo

– aberto.

Casulo da vida pouca

que tão pouco vi de perto…

Mas é cá dentro

deste onde estou

que o que é pouco tem moradia,

porque traz

ao encontro do que sou

uma atroz miopia.

02

abr
2012

No Comments

In Blog
Fotogorafia

By admin

O melhor de Elliott

Picture: Elliott Erwitt

Um evento imperdível para quem é apaixonado por fotografia e vai passar pela Itália nos próximos meses é a mostra “Personal Best”, de Elliott Erwitt. A exposição que tem girado alguns países, ficará em cartaz na cidade de Veneza até o dia 15 de julho.

Picture: Elliott Erwitt

 Promovida pela Fondazione di Venezia, “Personal Best”  traz ao público 140 das mais célebres e significativas criações daquele que é um dos meu fotógrafos prediletos.

Picture: Elliott Erwitt

Sempre admirei muito o Elliott por sua capacidade de retratar através da imagem  o contraste entre o trágico e o cômico, sem perder a espontaneidade e ironia… É diversão garantida!

Picture: Elliott Erwitt

Inflama

Fotografia: Itaciara Poli

Bem-aventurado

o giro vivo

estampado e colorido

do homem em chama

(enlouquecido)

– cego de luz

por quem se ama…

10

mar
2012

No Comments

In Blog
Fotogorafia
Poesia

By admin

Qualquer felicidade

Fotografia: Itaciara Poli

Lá vai o cão

na poça do rio

de fio a pavio.

24

fev
2012

No Comments

In Blog
Fotogorafia
Opinião

By admin

iPhotos!

Iphoneography: Itaciara Poli

O número de pessoas que utilizam o iPhone para fotografar aumenta dia após dia, num momento em que a tecnologia sofre transformações rápidas e, ao mesmo tempo, radicais.

Iphoneography: Itaciara Poli

E embora a lente do aparelho não alcance o desempenho das câmeras profissionais, a abundância de aplicativos à disposição no mercado está criando um verdadeiro alvoroço entre fotógrafos profissionais. Tanto que, para complicar ainda mais, hoje já é possível adquirir diferentes tipos de lentes e tripés próprios para iPhone.

Iphoneography: Itaciara Poli

A controvérsia está em pauta nos mais diversos workshopsde fotografia e divide opiniões ao por na mesa os prós e contras do “Iphoneography”, essa nova maneira de fotografar!

09

fev
2012

No Comments

In Blog
Fotogorafia
Poesia

By admin

Terra de Ninguém

Fotografia: Itaciara Poli

Entre o passo e o galope

vai a trote

para qualquer lugar

onde não se importe

com o que vão pensar.

 

05

fev
2012

No Comments

In Blog
Fotogorafia
Poesia

By admin

Tateando o tempo

Fotografia: Itaciara Poli

Tão feita de Luz

onde o inverno é perto –

ao de leve e neve…

 

Primeiros Anos

Fotografia: Itaciara Poli

Foi nos primeiros anos que tateou tais texturas. Segurou firme o sonho, entre as mãos, para encher seu mundo de cor, tão povoado de infância. Quando era criança, sem amargo nem dor, misturou substâncias, para tentar escapar desse novo lugar de cruel discrepância. Mas como era cúmplice do sonhar, nem deu tanta importância e deliciou-se com um sabor de distância: naquele tempo só queria brincar…