Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

Nesse mundo que não é meu

Fosse capaz de viajar

para longe do mundo que me oferecem,

adiante dos prazeres

onde todos se recolhem

e visitar enganos que se bastam,

deixar-me-ia ficar.

.

Nesse mundo que não é meu

arrancaria palavras

ou raízes dos meus ruídos

uns e outros,

todos talvez, e

deixar-me-ia ficar.

 .

Fosse capaz de partir

inocente do perigo,

para fazer brotar da alma

dores que não dizem

a que vem,

deixar-me-ia ficar.

.

Ah, deixar-me-ia ficar

só mais um pouco,

em puro desperdício,

neste ser abstrato

dentro do qual eu verso.


Tags | , ,

Submit a Comment